Sessão do Congresso para analisar vetos e meta fiscal é adiada para 4ª-feira

terça-feira, 24 de novembro de 2015 20:41 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A sessão do Congresso Nacional que seria realizada na noite desta terça-feira foi transferida para as 11h30 de quarta-feira, afirmou o presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

Originalmente, a sessão conjunta com deputados e senadores, destinada a analisar vetos presidenciais, além da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016 e o projeto com a nova meta fiscal de 2015, ocorreria nesta terça-feira.

No entanto, os plenários da Câmara dos Deputados e do Senado Federal ainda não haviam concluído a votação de medidas provisórias que estão na pauta.

Os senadores discutiam a Medida Provisória 688, que autoriza o governo federal a apoiar hidrelétricas após perdas geradas pela seca, enquanto que deputados analisavam a MP 691, que autoriza a União a vender parte dos seus imóveis, uma medida que integra pacote de ajuste fiscal enviado pelo Executivo ao Congresso.

(Reportagem de Leonardo Goy)