Volkswagen mantém provisões de 6,7 bi euros apesar de reparos simples em motores

quarta-feira, 25 de novembro de 2015 16:24 BRST
 

WOLFSBURG, Alemanha (Reuters) - A Volkswagen não reduzirá as provisões planejadas de 6,7 bilhões de euros para os custos do escândalo de emissão de poluentes em veículos a diesel, embora o reparo técnico de 8,5 milhões de carros na Europa tenha se mostrado mais simples do que o esperado.

A VW está buscando até 20 bilhões de euros em financiamentos de bancos conforme luta para lidar com os custos esperados do escândalo, que analistas dizem que podem chegar a 40 bilhões de euros incluindo multas, queixas legais e o conserto dos veículos.

Mas embora o custo total do escândalo não esteja claro, a VW não tem planos de alterar as provisões existentes, disse um porta-voz a jornalistas nesta quarta-feira na sede da montadora em Wolfsburg.

A VW disse durante uma apresentação que precisa somente instalar uma rede próxima ao filtro de ar em 3 milhões de motores de 1,6 litro EA 189 a diesel para garantir que cumpram com as regras de emissões da UE.

O presidente executivo, Matthias Mueller, disse a gerentes nesta segunda-feira que os passos técnicos necessários para consertar os veículos são "tecnicamente e financeiramente gerenciáveis".

(Por Andreas Cremer)

 
Logotipo da Volkswagen em concessionária em Londres. 17/11/2015. REUTERS/Suzanne Plunkett