Dólar sobe mais de 1%, a R$3,75, após prisão de líder do governo alimentar preocupações fiscais

quarta-feira, 25 de novembro de 2015 17:04 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar subiu mais de 1 por cento e foi a 3,75 reais nesta quarta-feira, após a prisão do líder do governo no Senado, senador Delcídio do Amaral (PT-MS), aumentar as preocupações com as medidas de ajuste fiscal que ainda precisam do aval no Congresso.

O dólar avançou 1,26 por cento, a 3,7506 reais na venda, mas chegou a disparar 2,80 por cento, para 3,8077 reais, na máxima da sessão.

(Por Bruno Federowski)