Coreia do Sul multa Volkswagen e ordena recall por fraude em testes de emissões

quinta-feira, 26 de novembro de 2015 11:36 BRST
 

Por Joyce Lee

SEJONG, Coreia do Sul (Reuters) - A Coreia do Sul decidiu nesta quinta-feira impor multa recorde à Volkswagen com base em seus próprios testes de emissões de poluentes e obrigou a fazer recall de 125.522 veículos.

O Ministério do Meio Ambiente ordenou à Volkswagen Korea a apresentação de um plano de recall até 6 de janeiro de 2016, após seus próprios testes de emissões mostrarem que a maior montadora europeia manipulava dispositivos que registravam as emissões de diesel em veículos com motores mais antigos.

O ministério também multou a Volkswagen em 14,1 bilhões de wons (12,31 milhões de dólares), a maior multa financeira imposta a uma montadora na quarta maior economia da Ásia.

"As medidas desta quinta-feira são similares às que muitos outros países estão tomando - a Alemanha ordenou um recall obrigatório, enquanto os EUA iniciaram o processo de definição do tamanho da multa", disse a analista do Samsung Securities, Esther Yim.

Autoridades disseram que os testes do governo sul-coreano de modelos à diesel de outras 15 fabricantes de veículos serão completados em abril, criando um grau de incerteza desconfortável em um momento de desaceleração das vendas de importados no 11o maior mercado automotivo do mundo.