Putin quer mapa de forças militares para ordenar bombardeios na Síria, diz França

sexta-feira, 27 de novembro de 2015 07:29 BRST
 

PARIS (Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, pediu à França para preparar um mapa com informações que mostrem onde estão na Síria grupos que lutam contra militantes do Estado Islâmico, a fim de não bombardeá-los, disse o ministro das Relações Exteriores da França, nesta sexta-feira.

Putin concordou com o presidente francês, François Hollande, na quinta-feira, no Kremlin, em ter como alvo o Estado Islâmico e grupos jihadistas similares na Síria.

"Ele nos pediu para preparar um mapa de forças que não são terroristas e estão lutando contra o Estado Islâmico. Ele se comprometeu a não bombardeá-las assim que providenciarmos isso", disse o chanceler Laurent Fabius à rádio RTL após acompanhar Hollande a Moscou.

O Ocidente tem acusado Moscou de atacar principalmente grupos rebeldes apoiados por forças ocidentais e que lutam na Síria contra o presidente Bashar Al-Assad.

Fabius também disse que Paris poderia enviar forças especiais para à Síria, mas que qualquer decisão do tipo não seria divulgada publicamente.

(Por Leigh Thomas)