BB Seguridade prevê crescer dois dígitos em 2016, mesmo com país em recessão

sexta-feira, 27 de novembro de 2015 16:02 BRST
 

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A BB Seguridade, empresa que reúne as participações do Banco do Brasil em seguros e previdência, deve ter um crescimento de dois dígitos na geração de prêmios em 2016 ante este ano, mesmo com a fraca atividade econômica do país, disse nesta sexta-feira o presidente-executivo da BB Seguridade, Marcelo Labuto.

"Pretendemos crescer dois dígitos e acima da média do mercado", disse Labuto a jornalistas, as margens de encontro da companhia com investidores e analistas.

Labuto e outros executivos da BB Seguridade frisaram confiar que as principais linhas de negócios da empresa, como seguro de vida e os produtos de previdência, devem mostrar resiliência, assim como está acontecendo neste ano.

A BB Seguridade está concluindo seu orçamento para o ano que vem e números mais precisos de estimativas serão divulgados posteriormente.

Segundo os executivos, a BB Seguridade prevê ganhos financeiros maiores em 2016, dada a expectativa de Selic média maior que a deste ano.

Labuto disse que a companhia não está envolvida neste momento em nenhuma análise de aquisição. Em outra frente, a empresa não planeja se desfazer do negócio de grandes riscos.

A BB Seguridade tem planos de operar planos de saúde, mas por enquanto não encontrou nenhuma opção de parceria que se encaixe em suas pretensões de ter atuação nacional.

"O mercado de saúde hoje é regional e esse modelo não me interessa", disse Labuto.