Fazenda credita contração do PIB a incertezas e defende ajuste fiscal

terça-feira, 1 de dezembro de 2015 17:24 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério da Fazenda creditou a forte contração da economia brasileira no terceiro trimestre a incertezas econômicas e "não econômicas", e classificou o ajuste fiscal como "indispensável para a reversão do cenário menos favorável" que vem atravessando a economia.

Em documento, o Ministério ressaltou que a queda dos investimentos no Brasil foi motivada, entre outros fatores, por efeitos diretos e indiretos da redução dos gastos de capital da Petrobras e destacou a importância do combate à inflação para manter o poder de compra da população.

(Texto de Bruno Federowski)