Prêmios de café do Vietnã ampliam-se; exportações 2015/16 devem cair

terça-feira, 1 de dezembro de 2015 19:11 BRST
 

HANOI (Reuters) - Os prêmios para o café vietnamita ante os contratos futuros globais do robusta ampliaram-se esta semana, enquanto as compras têm sido moderadas com demanda estável das torrefadoras, disseram operadores nesta terça-feira.

Enquanto a colheita da safra de 2015/16 no maior produtor de robusta do mundo atingiu seu auge, os preços baixos podem evitar uma aceleração nas vendas dos produtores, disseram operadores.

Nesta terça-feira, o café robusta caiu para 33.400-33.500 dongs por kg (equivalentes a 1,49 dólar), na maior província produtora do país, ante 34.200-34.500 dongs uma semana atrás.

Os prêmios para o robusta vietnamita de peneira 2, 5 por cento de pretos e grãos partidos se ampliou para 30 dólares a 50 dólares por tonelada ante o contrato para março, comparado com prêmios de 20 dólares a 40 dólares por tonelada mês passado.

O Vietnã deve produzir 1,08 milhão de toneladas, ou 18 milhões de sacas de 60 kg, de café na atual safra de 2015/16, uma queda de quase 10 por cento ante a safra anterior, disse Luong Van Tu, o presidente do conselho da Associação de Cacau e Café do Vietnã (Vicofa, na sigla em inglês).

A Vicofa também estimou uma queda nas exportações 2015/16 de 12,7 por cento, para 1,1 milhão de toneladas (equivalentes a 18,3 milhões de sacas), ele disse.

(Por Ho Binh Minh)