Volcafe reduz estimativa de déficit global de café em meio a queda de estoques do Brasil

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015 18:23 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Volcafe, divisão suíça da trader de commodities ED&F Man, cortou sua estimativa de déficit global de café em 2015/16 em cerca de um terço, após os estoques do Brasil, o maior produtor, caírem e o dos países consumidores não, mostrou um relatório de novembro visto pela Reuters nesta quarta-feira.

"Preços muito bons em termos da moeda brasileira provocaram vendas significativas no ano passado e isso manteve as exportações elevadas", disse o relatório da Volcafe.

"No entanto, nós antecipamos que com os estoques caindo, menos vendas resultarão em exportações, que ficarão perto da média de oito anos até o fim da temporada."

A Volcafe estimou que o Brasil terá déficit de café arábica de 5 milhões de sacas em 2015/16, ante uma estimativa de agosto de somente 2,8 milhões de sacas, seguindo estimativa de déficit de 7 milhões de sacas em 2014/15, uma alta ante a estimativa anterior de um déficit de 5,6 milhões de sacas.

A Volcafe manteve sua estimativa de produção de café no Brasil em 2015/16 em 48,3 milhões de sacas de 60kg, inalterada ante sua estimativa de agosto e disse que é muito cedo para fazer projeções sobre a safra de 2016/17.

"Setembro com 89 por cento a mais de chuva que a média foi seguido por um outubro com 42 por cento menos que a média", disse a Volcafe.

"Algumas regiões, incluindo o Espírito Santo produtor de conillon, continuam a ter um grande déficit de precipitação."

A empresa elevou sua estimativa de produção global de café em 2014/15 para 144,6 milhões de sacas de 60 kg, uma alta ante a previsão de agosto de 143,8 milhões de sacas, e 2015/16 para 150 milhões de sacas, uma alta ante 149,6 milhões de sacas, por um desempenho melhor que o esperado na Colômbia e Uganda, e projeções ampliadas para a Índia.

Abaixo está a divisão das estimativas da Volcafe dos relatórios trimestrais de agosto e novembro, em milhões de sacas de 60kg.   Continuação...