Wall St fecha forte baixa sob pressão do setor de energia

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015 20:50 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

(Reuters) - As ações norte-americanas fecharam o pregão desta quarta-feira em forte baixa, depois que os comentários da chair do Federal Reserve, Janet Yellen, aumentaram as expectativas de uma elevação da taxa de juros e que o barril do petróleo caiu abaixo de 40 dólares.

Investidores também atribuíram as vendas no fim do dia a notícias sobre um tiroteio no sul da Califórnia.

O índice Dow Jones fechou em queda de 0,89 por cento, a 17.729 pontos, o S&P 500 recuou 1,1 por cento, para 2.079 pontos, enquanto o Nasdaq caiu 0,64 por cento, a 5.123 pontos.

O índice do setor de energia do S&P 500 caiu 3,1 por cento, liderando a queda do S&P 500, em meio a queda de 4,6 por cento dos contratos futuros do petróleo nos Estados Unidos, a 39,94 dólares o barril.

O índice de serviços públicos, que tende a ter um desempenho pior em um ambiente de juros mais altos, caiu 2,2 por cento. Foi o segundo setor com pior desempenho do dia, embora todos os 10 setores que compõem o S&P terminaram em baixa.

Yellen disse que estava ansiosa por um aumento dos juros que será visto como um testamento da recuperação da economia. A próxima reunião de política do Fed será em 15 e 16 de dezembro.