Autoridades do BCE terão que ficar em silêncio antes de reuniões de política monetária

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 08:23 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - Os membros da Comissão Executiva do Banco Central Europeu (BCE) não vão falar com a imprensa ou com participantes do mercado nos sete dias que precedem as reuniões de política monetária, disse o BCE nesta quinta-feira, revisando sua política após críticas públicas.

O BCE estava revisando sua política de comunicação após ser revelado que altas autoridades do banco haviam se encontrado com participantes do mercado imediatamente antes de algumas reuniões decisórias do Conselho do BCE.

O membro da Comissão Executiva Benoit Coeure também foi criticado após ele revelar informações sensíveis ao mercado em eventos privados com diversos fundos de hedge, com o texto de seu discurso aparecendo no site do BCE apenas no dia seguinte.

"Há uma necessidade de evitar a especulação pública ou qualquer percepção equivocada sobre as reuniões entre membros da Comissão Executiva e a mídia e participantes do mercado", disse o presidente do BCE, Mario Draghi, em uma carta a membros do Parlamento Europeu.

"Portanto, decidimos... que os membros da Comissão Executiva vão evitar se encontrar ou falar com a mídia, participantes do mercado ou com qualquer interessado de fora sobre matérias de política monetária durante os períodos de silêncio, ou seja, no período de sete dias imediatamente anteriores às reuniões de política monetária", disse Draghi.

(Reportagem por Francesco Canepa)