Minério de ferro pode cair abaixo de US$40 com fraca demanda chinesa

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 15:55 BRST
 

MANILA (Reuters) - Os preços do minério de ferro no mercado à vista atingiram uma nova mínima de uma década nesta quinta-feira e já há projeções de que eles caiam abaixo de 40 dólares por tonelada no futuro, com o encolhimento da demanda por aço forçando siderúrgicas chinesas a cortar a produção ao mesmo tempo que não há sinais de que as maiores mineradoras de ferro limitarão a produção.

Commodity mais fortemente atingida pela desaceleração da economia chinesa, o minério de ferro perdeu 43 por cento de seu valor este ano, muito mais que o petróleo e o cobre, com a crescente oferta de baixo custo reforçando o excedente global de oferta.

O minério de ferro com entrega imediata no porto de Tianjin, na China, caiu 0,7 por cento, para 40,30 dólares por tonelada, de acordo com o The Steel Index (TSI). Foi o menor nível já registrado pelo TSI desde que começou a medir os preços em 2008.

Segundo o sistema de precificação anual, que precedeu os contratos à vista e os registros do TSI, o minério de ferro foi negociado a 38,27 dólares por toneladas por boa parte do ano de 2005 e a 22,31 dólares no ano anterior, segundo dados compilados pelo Goldman Sachs.

"Até que haja algum sinal de que ou a demanda está se estabilizando ou o excesso de oferta está enfraquecendo, haverá pressão sobre os preços", disse Daniel Hynes, estrategista sênior de commodities do ANZ. "Nós podemos vê-lo na faixa dos 30 dólares".

(Por Manolo Serapio Jr)