Draghi diz que mais estímulos podem ser usados, caso seja necessário

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015 15:51 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) está confiante de que suas últimas medidas vão permitir que a inflação volte à meta, mas está disposto a lançar mais estímulos monetários caso necessário, disse nesta sexta-feira o presidente da autoridade monetária, Mario Draghi.

"Eu posso dizer, portanto, com confiança --e sem qualquer complacência-- que nós vamos assegurar o retorno da inflação a 2 por cento sem atraso indevido, porque estamos atualmente usando ferramentas que acreditamos que atingiremos isso e porque nós podemos, de qualquer forma, lançar novas ferramentas caso se prove necessário", disse Draghi em evento em Nova York.

O pacote de estímulos anunciado na quinta-feira, que incluiu um pequeno corte na taxa de depósito e a prorrogação do programa de compra de ativos, decepcionou os investidores que esperavam ações mais radicais e levou o mercado europeu a registrar forte baixa.

(Por Francesco Canepa)