Cade aprova venda de negócio de cosméticos da Hypermarcas

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015 07:53 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a venda do negócio de fabricação e venda de cosméticos da Hypermarcas para a francesa Coty, segundo parecer publicado nesta segunda-feira.

A operação de 3,8 bilhões de reais havia sido anunciada no início de novembro, dentro dos esforços da Hypermarcas de reduzir seu endividamento e se concentrar na área farmacêutica.

O negócio inclui marcas como Bozzano, Biocolor, Monange, Risqué, Paixão e Cenoura & Bronze, dentre outras. A transação não envolve os produtos descartáveis, como Jontex, e de cuidados infantis, como as marcas Pom Pom e Sapeca, nem de dermocosméticos. [nL1N12X191]

O Cade concluiu que a transação implica sobreposições horizontais reduzidas e que "não levanta preocupações sob o enfoque concorrencial".

(Por Luciana Bruno)