Índice acionário europeu marca pequena recuperação depois de preços do petróleo despencarem

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015 15:49 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O índice das principais ações européias fechou com pequena alta nesta segunda-feira, após os preços do petróleo atingirem o menor nível em cerca de sete anos, afetando os preços das ações, enquanto os papéis da Electrolux despencaram quase 15 por cento após o acordo para comprar a empresa de dispositivos da General Electric não vingar.

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias, fechou com elevação de 0,43 por cento, aos 1.464 pontos.

Os preços do petróleo recuaram, com a Repsol, Royal Dutch Shell, BP <BP.L > e Statoil perdendo entre 2,9 e 5,6 por cento, depois que o preço do petróleo caiu para mínima em cerca de 7 anos após reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) terminar sem acordo sobre corte na produção.

A GE suspendeu o acordo de 3,3 bilhões de dólares, o qual o Departamento de Justiça dos Estados Unidos havia pedido a um tribunal federal para parar em julho, diante da preocupação que iria elevar os preços para os consumidores. As Ações da Electrolux caíram 13,39 por cento.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,43 por cento, a 1.464 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,24 por cento, a 6.223 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,25 por cento, a 10.886 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,88 por cento, a 4.756 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,07 por cento, a 22.037 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,36 por cento, a 10.042 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,10 por cento, a 5.250 pontos.