Exportações de açúcar do Paquistão intensificam competição com Índia

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015 20:35 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Um fluxo de 500 mil toneladas de exportações de açúcar do Paquistão intensificará a competição com as usinas indianas e refinarias do Oriente Médio, adicionando pressão aos preços globais, disseram fontes nesta quarta-feira.

O Paquistão exportará 500 mil toneladas de açúcar com um subsídio de 13 mil rúpias por tonelada, disse uma autoridade do Ministério das Finanças à Reuters nesta quarta-feira.

A primeira parcela de 200 mil toneladas pode ser exportada neste ano, enquanto o prazo para a quantidade total será 31 de março de 2016.

Operadores disseram que as exportações, que devem ser de açúcar branco, podem rivalizar com as das usinas indianas por vendas a clientes no Leste da África e Ásia central e competir com as refinarias do Oriente Médio para suprir o mercado afegão.

O governo paquistanês pode estender seu programa de exportações além de março, se as vendas para o exterior estiverem abaixo da meta, disse um operador europeu.

(Por David Brough; reportagem adicional por Syed Raza Hassan e Rajendra Jadhav)