Exportação de café do Brasil em 2015 pode atingir novo recorde, diz Cecafé

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015 20:37 BRST
 

Por Roberto Samora

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de café do Brasil em 2015 poderão marcar um novo recorde anual em volumes, superando a marca de 2014, após um crescimento nos embarques nos últimos meses impulsionado pelo fortalecimento do dólar frente ao real, disse nesta quarta-feira a diretora-executiva do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), Luciana Florêncio.

Há alguns meses, o Cecafé avaliava que as exportações de café do maior produtor e exportador global recuariam ante o ano passado, após o Brasil ter colhido uma safra frustrada pela seca.

"A gente está acreditando que, com certeza, vamos chegar ao número do ano passado. A visão anterior (de queda) não se confirmou. E vemos justamente esse cenário, que talvez consigamos ter um número maior do que foi em 2014", disse Luciana, em entrevista à Reuters.

A exportação total de café do Brasil, incluindo o produto industrializado, atingiu um recorde de 36,32 milhões de sacas de 60 kg em 2014, alta de 14,7 por cento ante 2013. Desse total, os embarques de café verde responderam por 32,8 milhões de sacas.

"Não conseguimos dizer quanto (vai ser em 2015), mas já é fato que 36 (milhões de sacas, ao menos) a gente vai alcançar", disse ela, admitindo que uma exportação maior está consumindo estoques do país, sem fazer projeções para o impacto disso para o ano que vem.

Ainda assim, ela espera que o Brasil passe para a próxima safra, em meados de 2016, com estoques finais historicamente baixos, após seguidas frustrações de colheitas nos últimos anos.

"Tem a queda no preço em dólar, mas a apreciação da moeda norte-americana obviamente favorece o aumento da exportação", afirmou ela, comentando os números de embarques no ano até novembro divulgados nesta quarta-feira.

As exportações de café do Brasil atingiram 3,37 milhões de sacas de 60 kg em novembro, incluindo o produto industrializado, configurando um recorde para o mês com alta de 6,9 por cento ante 2014, segundo Cecafé.

No acumulado dos 11 primeiros meses do ano, os embarques totalizaram 33,52 milhões de sacas, alta de 1 por cento ante mesmo período de 2014.