Ações chinesas caem conforme governo avança com reforma das IPOs

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015 07:25 BRST
 

XANGAI (Reuters) - As ações chinesas fecharam em baixa nesta quinta-feira, devolvendo ganhos modestos de mais cedo na sessão mesmo após reguladores tranquilizarem os investidores de que as reformas das listagens das companhias não vão abrir as comportas para uma enxurrada de ofertas públicas.

O índice CSI300 .CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,35 por cento, para 3.623 pontos. O índice de Xangai .SSEC recuou 0,46 por cento, para 3.456 pontos.

O gabinete da China anunciou na quarta-feira que o país vai mudar para um sistema de registro para ofertas públicas iniciais de ações (IPO) em dois anos.

A reforma vai permitir ao mercado, ao invés dos reguladores, decidir quais empresas serão listadas e quantas ações elas poderão vender. Mas isso também levanta a perspectiva de que um número grande de empresas corra simultaneamente para o mercado acionário a fim de levantarem fundos.

(Reportagem de Samuel Shen e Pete Sweeney)