Exportação de carne bovina do Brasil deve crescer 25% em 2016, diz Abiec

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015 16:14 BRST
 

Por Por Natália Scalzaretto

SÃO PAULO (Reuters) - A exportação de carne bovina do Brasil deverá crescer cerca de 25 por cento em 2016, para 1,76 milhão de toneladas, retomando o crescimento após um ano em que o setor enfrentou dificuldades no cenário internacional, disse nesta quinta-feira o presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), Antonio Camardelli.

Se confirmada a previsão, o maior exportador global de carne bovina, com mais de 20 por cento das vendas internacionais, poderia registrar um novo recorde histórico, apagando a marca histórica de 2007, de 1,62 milhão de toneladas.

Segundo Camardelli, o otimismo se fundamenta na demanda adicional que virá da Ásia, especialmente da China e Japão, além da expectativa de que o mercado de carne in natura dos Estados Unidos seja finalmente aberto, após anos de espera.

Dessa forma, ele prevê que a receita gerada pelas exportações aumente no ano que vem para 7,5 bilhões de dólares, também um novo recorde, ante a estimativa de 6 bilhões de dólares para 2015.

A entidade também vê o vácuo de mercado deixado pela queda no número de abates da Austrália, importante exportador global, como uma oportunidade de crescimento da participação brasileira no mercado asiático.

"Sabemos que há uma demanda crescente na Ásia em geral. A Austrália não vai conseguir suprir esse mercado todo", disse o diretor-executivo da Abiec, Fernando Sampaio, em evento com jornalistas nesta quinta-feira.

A China, que também reabriu seu mercado ao produto brasileiro, é vista pela associação como "a primeira alternativa para cortes nobres", que antes tinham a Europa como principal destino.

Atualmente, o Brasil exporta majoritariamente carne in natura desossada para o país asiático, mas estão previstas negociações para a exportação de miúdos e carnes com ossos, o que pode aumentar o volume das vendas para China, disse Camardelli.   Continuação...