Índices têm queda com recuo do petróleo e depreciação do iuan

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 08:01 BRST
 

Por Lisa Twaronite

TÓQUIO (Reuters) - As ações asiáticas recuaram nesta sexta-feira com a queda dos preços do petróleo e a depreciação do iuan para mínima em quase quatro anos e meio, ampliando as preocupações com o crescimento global.

Às 7h53 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,97 por cento, próximo de fechar a semana com uma queda de cerca de 3 por cento.

Um excesso de oferta nos mercados de petróleo e a desaceleração do crescimento na China, o maior consumidor mundial de commodities, pressionaram muitos mercados de ativos antes da esperada elevação da taxa de juros pelo Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, na próxima semana.

O banco central da China definiu sua taxa de orientação para o iuan no nível mais fraco em mais de quatro anos nesta sexta-feira, um sinal de que Pequim está permitindo que sua moeda se desvalorize após ela ter sido incluída na cesta de reservas internacionais do Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Um aumento da taxa de juros nos EUA tem um impacto enorme nos fluxos de dinheiro para fora dos mercados emergentes, incluindo Hong Kong e China", disse o estrategista-chefe do First Shangai Securities, Linus Yip.

"E mais, se o iuan continuar a se desvalorizar, isso será negativo para as ações também, porque significa que os investidores não estão confiantes na reestruturação econômica da China", disse.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,97 por cento, a 19.230 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,11 por cento, a 21.464 pontos.   Continuação...