GP Investments quer OPA voluntária para elevar fatia na BR Properties para até 75%

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 10:55 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A GP Investments disse nesta sexta-feira que pretende aumentar para até 75 por cento sua fatia na BR Properties, o que fazia as ações da companhia de investimentos em imóveis comerciais saltarem nesta sexta-feira.

O anúncio da GP Investments veio depois que a companhia comprou em leilão na BM&FBovespa na quinta-feira participação de 12,19 por cento na BR Properties. A intenção da empresa é elevar essa fatia por meio de uma oferta pública de aquisição de ações da empresa de imóveis comerciais.

A proposta da GP Investments, já enviada ao Conselho de Administração da BR Properties, é fazer uma OPA voluntária para aquisição de 37,81 a 62,81 por cento das ações de emissão da companhia.

O preço a ser ofertado no âmbito da oferta será de 10 reais por ação ordinária, valor 20,9 por cento superior ao fechamento de 10 de dezembro.

Às 10h44, as ações da BR Properties saltavam 7 por cento, para 8,86 reais, enquanto o Ibovespa tinha recuo de 0,67 por cento.

"A aquisição das ações no âmbito do leilão é realizada como parte da estratégia de investimentos da GP Investments com o objetivo de exercer efetiva influência na definição da estratégia de negócios da BR Properties", disse a companhia em comunicado ao mercado sobre a entrada no capital da empresa de imóveis comerciais. A compra da participação foi feita com recursos do próprio caixa de sua subsidiária GP Real Properties.

"A GP Investments acredita que a existência de um novo acionista relevante ativamente envolvido na condução dos negócios da BR Properties permitirá à BR Properties se concentrar no desenvolvimento e execução de um plano estratégico de longo prazo e na expansão de seu portfólio de ativos", afirmou a empresa.

Caso a oferta seja realizada, a GP Real Properties elevará sua participação na BR Properties para no mínimo 50 por cento mais uma ação ordinária e no máximo 75 por cento do capital social da empresa.

Segundo a GP Investments, a empresa tem intenção de manter a BR Properties listada no segmento Novo Mercado da BM&FBovespa.   Continuação...