ONS vê queda de 1,8% na carga de energia do sistema nacional em 2015

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 14:50 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) prevê uma queda de 1,8 por cento na carga de energia do sistema interligado nacional em 2015 ante 2014, para 63.947 megawatts médios, com a fraqueza na economia reduzindo o consumo de energia, segundo relatório desta sexta-feira.

A carga projetada para 2015 ficou 1.162 megawatts médios (MWmédios) abaixo do previsto anteriormente.

Segundo o ONS, a queda no consumo de energia no sistema interligado pode ser explicada principalmente pela queda do consumo industrial, de 4,3 por cento. O consumo residencial mostra retração de 0,1 por cento e o comercial cresce 1,4 por cento.

Para os próximos anos, o ONS pressupões uma recuperação gradual da economia brasileira.

Dessa forma, para o período 2015-2019, o ONS acredita em um crescimento médio anual da carga de energia do sistema de 3,6 por cento ao ano, expansão média anual de 2.440 MWmédios.

Espera-se que o consumo industrial no SIN nesse período observe taxa média de crescimento de 2,5 por cento ao ano. As classes residencial e comercial devem registrar valores de aproximadamente 4,2 e 4,7 por cento, respectivamente.

Em 2015, segundo o órgão, espera-se uma queda de 1,2 por cento no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e em 2016 um crescimento de 1,1 por cento. A taxa média anual de crescimento do PIB entre 2015 e 2019 será de 2,5 por cento, diz o relatório.

QUEDA DA CARGA EM DEZEMBRO   Continuação...