China aprova novas unidades de exportação de carnes brasileiras, diz ABPA

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 16:44 BRST
 

(Reuters) - Nove unidades de exportação de carne de frango e três de carne suína brasileiras receberam o aval do governo chinês para exportar seus produtos para o país asiático, disse nesta sexta-feira a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

As novas habilitações pelo governo chinês devem representar um impulso importante no setor de exportações de carne de frango do Brasil, que tem crescimento de 5 por cento previsto para 2016, por expectativas de mais vendas para o país asiático.

"(A aprovação) mostra a confiança que se construiu nos negócios entre Brasil e China, atestando a credibilidade do país. Também dá sinais do aumento do peso que o mercado chinês deverá ter para a agroindústria exportadora de aves e suínos no próximo ano", disse o presidente executivo da ABPA, Francisco Turra, em nota.

As fábricas que receberam a permissão para exportações da Administração de Certificação e Habilitação (CNCA, na sigla em inglês), órgão do governo chinês, estão localizadas nos Estados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais.

O presidente da ABPA espera, ainda, que outras seis unidades de aves e uma de suínos sejam aprovadas em breve.

(Por Natália Scalzaretto)