Produção industrial da zona do euro cresce mais do que esperado em outubro

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015 09:23 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - A produção industrial da zona do euro aumentou mais do que o esperado em outubro, principalmente graças a uma melhoria na produção de bens de capital e de bens de consumo duráveis, como refrigeradores e carros, informou a Agência de Estatística da União Europeia (Eurostat) nesta segunda-feira.

Dados da Eurostat mostraram que a produção industrial nos 19 países que compartilham o euro subiu 0,6 por cento em outubro em relação ao mês anterior, com um aumento de 1,9 por cento na comparação com o ano anterior.

Economistas consultados pela Reuters esperavam aumentos de 0,3 por cento e 1,3 por cento respectivamente.

A produção de bens de consumo duráveis foi a que mais aumentou em outubro - 1,8 por cento na comparação mensal e 4,2 por cento na base anual. A produção de bens de capital, usados em investimentos, cresceu 1,4 por cento durante o mês e 3,5 por cento em comparação ao ano anterior.

A produção de energia e bens de consumo não duráveis, como artigos alimentares e de higiene pessoal, também cresceram tanto na base mensal quanto na anual.

A única queda foi na produção de bens intermediários, usados na produção de outros bens, que recuou 0,1 por cento no mês, mas aumentou 1,5 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior.

(Reportagem por Francesco Guarascio)