BTG Pactual "avalia opções" para seu principal fundo de hedge GEMM, diz fonte

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015 18:14 BRST
 

Por Steve Slater

LONDRES (Reuters) - O BTG Pactual está "avaliando opções" para seu principal fundo de hedge, o BTG Pactual Global Emerging Markets and Macro Fund (GEMM), disse uma fonte familiarizada com o assunto nesta segunda-feira.

O BTG Pactual está enviando correspondência a clientes afirmando que avalia opções e que ampliará o prazo para avisos de resgate até 29 de janeiro, "para dar aos investidores tempo adequado para entender as opções estratégicas que estão sendo avaliadas", disse a fonte. O prazo anterior para os avisos de resgate era 16 de dezembro.

O prazo para manifestar intenção de fazer resgates até 1º de março havia sido previamente definido para 16 de dezembro.

A venda ou assunção das cotas pelos sócios estão entre as opções consideradas para o fundo, disseram fontes do setor.

O BTG Pactual tem estudado vender uma série de ativos desde que seu fundador André Esteves foi preso no mês passado, dentro das investigações da operação Lava Jato.

Os hedge funds globais do BTG Pactual tinham 26,6 bilhões de reais sob gestão até setembro, segundo apresentação recente.

O GEMM é o maior fundo de hedge e tinha ativos sob gestão de 4,1 bilhões de dólares no fim de outubro, disse a fonte.

O BTG Pactual vai dizer aos investidores que GEMM o "reduziu significativamente sua exposição ao risco" e continuará a fazê-lo, disse a fonte.   Continuação...