Bovespa fecha em alta acompanhando exterior, mas incertezas locais e Fed limitam ganhos

terça-feira, 15 de dezembro de 2015 17:43 BRST
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou em alta nesta terça-feira, na esteira do cenário externo benigno, mas com ganhos limitados pela apreensão com as persistentes incertezas políticas e fiscais no Brasil, bem como cautela antes de decisão de juros nos Estados Unidos.

O Ibovespa subiu 0,28 por cento, a 44.872 pontos. Na máxima, o índice de referência do mercado acionário brasileiro subiu 1,5 por cento. O volume financeiro somou 4,75 bilhões de reais, abaixo da média diária do ano, de 6,798 bilhões de reais.

"Não há por que o mercado ter uma alta robusta com todo o entrave político e incerteza sobre a questão fiscal do país", disse o analista Ricardo Kim da XP Investimentos, atrelando o movimento do dia ao desempenho das bolsas no exterior e à recuperação das commodities.

Em Wall Street, o S&P 500 avançava mais de 1 por cento, guiado por ganhos de ações de energia com o avanço do petróleo e das ações do setor financeiro diante da expectativa de alta de juros na quarta-feira pelo Federal Reserve.

A expectativa da primeira alta dos juros norte-americanos em quase uma década, porém, foi mais um componentes para a cautela nos mercados locais. "Ninguém vai assumir grandes posições", disse Kim.

O Fed anuncia na quarta-feira uma das decisões de política monetária mais aguardadas dos últimos tempos. Pesquisa Reuters com mais de 90 economistas apontou chance de alta de 90 por cento nos juros.

DESTAQUES   Continuação...