Transmissora de energia Cteep tem direito a indenização de R$3,9 bi, diz Aneel

terça-feira, 15 de dezembro de 2015 19:15 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A transmissora de energia Cteep tem direito a indenização de 3,89 bilhões de reais por ter renovado contratos de concessão antecipadamente, com receita menor, no âmbito de um programa do governo federal anunciado ao final de 2012 para reduzir as contas de luz, definiu nesta terça-feira a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em reunião de diretoria.

O montante, referente a investimentos nas linhas de transmissão da empresa que ainda não haviam sido amortizados, não teve definidas pela agência a data e a forma de pagamento, que serão decididos pela governo federal.

A Cteep pedia um montante maior, de cerca de 5,2 bilhões de reais, mas a Aneel homologou apenas 3,89 bilhões após analisar laudos técnicos enviados pela companhia.

A transmissora, controlada pelo grupo colombiano Isa, tem ressaltado em diversas ocasiões que não disputará leilões de novos projetos enquanto não tiver uma definição sobre o pagamento da indenização bilionária.

(Por Luciano Costa)