15 de Dezembro de 2015 / às 21:19 / 2 anos atrás

Analistas reduzem estimativas para produção de açúcar no Brasil na entressafra

SÃO PAULO/LONDRES (Reuters) - Analistas cortaram suas previsões para produção e conteúdo de açúcar para a safra 2015/16 do centro-sul do Brasil por causa das fortes chuvas no quarto trimestre, assinalando a escassa disponibilidade no período de entressafras, de dezembro a março.

A fornecedora da dados Platts Kingsman cortou nesta terça-feira sua estimativa de produção para o ano de safra de 2015/16 (abril/março) para 594,0 milhões de toneladas, ante sua estimativa anterior de 599,1 milhões de toneladas.

“Nós vemos agora os níveis de ATR (conteúdo de açúcar) em direção a 132 kg/tonelada de cana, representando uma queda de 4,6 kg/tonelada em comparação anual e cerca de 1 kg/tonelada a menos do que em nossa estimativa anterior”, disse a Platts Kingsman.

A empresa previu que o déficit global de açúcar aumentará para 7,8 milhões de toneladas em 2016/17 (outubro/setembro), por causa do consumo maior que o esperado.

Para 2015/16 a Platts Kingsman elevou sua estimativa de déficit em quase 2 milhões de toneladas, ante uma estimativa do mês passado para um déficit de 3,3 milhões de toneladas, levando em consideração o consumo maior na Índia e na Tailândia e a produção reduzida no centro-sul do Brasil, especialmente no quarto trimestre de 2015.

A empresa de análises australiana Green Pool reduziu sua estimativa de produção no centro-sul do Brasil em 2015/16 para 30,25 milhões de toneladas, ante sua estimativa prévia de 30,65 milhões de dólares.

O Rabobank cortou sua estimativa para a previsão de açúcar no centro-sul do Brasil para 30,7 milhões de toneladas, ante 31,5 milhões de toneladas anteriormente.

O Rabobank também diminuiu a previsão de ATR para 131,8 kg/tonelada, ante a estimativa anterior de 134 kg/tonelada.

A Sucden, em seu mais recente relatório trimestral nesta terça-feira, estimou que 599 milhões de toneladas de cana seriam processadas no centro-sul do Brasil em 2015/16.

“Até 615 milhões de toneladas poderiam ter sido processadas se novembro e dezembro não tivessem sido atingidos por fortes chuvas”, disse.

“O ATR ficará baixo devido à florada e às condições chuvosas”, disse a Sucden.

“A produção de açúcar de 30,5 milhões de toneladas é a mais baixa em seis anos.”

O diretor da consultoria brasileira de açúcar e etanol Job Economia Julio Maria Borges disse que está bem claro agora que a produção de açúcar do centro-sul será menor que o esperado.

“Haverá uma oferta de açúcar limitada do Brasil no período entressafras. Nós exportamos mais que o esperado (nos meses anteriores e a produção de açúcar provavelmente será menor que o projetado”, disse.

A INTL FCStone disse recentemente em um relatório para clientes que a produção de açúcar no centro-sul pode cair cerca de 1 milhão de toneladas ante estimativas anteriores.

Por Marcelo Teixeira e David Brough

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below