Wall Street sobe com aperto monetário gradual pelo Fed e melhora da economia

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015 20:08 BRST
 

Por Rodrigo Campos

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos avançaram nesta quarta-feira, após o Federal Reserve anunciar o primeiro aumento da taxa de juros em quase uma década, em um sinal de confiança na economia norte-americana.

O índice Dow Jones subiu 1,28 por cento, a 17.749 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,45 por cento, a 2.073 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,52 por cento, a 5.071 pontos.

Os mercados avaliaram o comunicado do Fed como "dovish", dando apoio a ativos de risco, incluindo ações. Setores defensivos do mercado, atingidos recentemente em antecipação da alta dos juros, tiveram o melhor desempenho.

O Fed deixou claro que a alta de 0,25 ponto percentual foi uma tentativa de iniciar um ciclo "gradual" de aperto e que ao decidir os próximos passos, destacaria o acompanhamento da inflação, que permanece muito abaixo da meta.

"Envolvido em linguagem 'dovish', o Fed acaba de embarcar naquele que será o ciclo de aperto monetário mais frouxo em sua história", disse o consultor econômico chefe da Allianz, Mohamed El-Erian.

O banco central norte-americano disse que a economia deve continuar a ter um bom desempenho e que a leve alta nos juros era apropriada, enquanto reconheceu que mesmo após esta alta, a política monetária permanece expansionista.

"Esta foi uma declaração de Papai Noel", disse John Augustine, diretor de investimentos da Huntington Wealth & Investment Management, em Columbus, Ohio.

O Fed "deu aos poupadores um pouco mais de juros, aos investidores um pouco mais de confiança na economia, aos empresários um pouco mais de expectativa de inflação", disse.

Apenas um entre os dez principais índices setoriais do S&P 500 fecharam em alta, com o de serviços públicos subindo 2,6 por cento e liderando os ganhos. O setor de energia caiu 0,5 por cento, acompanhando a queda nos preços do petróleo.