Produção de celulose no Brasil recua 2,7% em novembro, diz Ibá

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015 12:58 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de celulose no Brasil recuou 2,7 por cento em novembro contra o mesmo mês do ano passado, a 1,39 milhão de toneladas, informou nesta quinta-feira a associação que representa o setor, Ibá.

O desempenho do setor ocorre após a produtora Cenibra ter suspendido duas linhas de sua fábrica em Belo Oriente (MG), diante de lama e detritos liberados com o rompimento da barragem da mineradora Samarco em Mariana terem alcançado área próxima ao local de captação de água da companhia. Parte da produção foi retomada perto do fim do mês.

Em novembro, segundo o Ibá, as exportações de celulose tiveram alta de 9,6 por cento, a 910 mil toneladas, ao passo que as importações aumentaram 3,2 por cento, a 32 mil toneladas.

No acumulado de janeiro a novembro, a produção brasileira do insumo avançou 4 por cento, a 15,59 milhões de toneladas.

Já a produção de papel recuou 2,3 por cento ante novembro do ano passado, a 841 mil toneladas, e as exportações cresceram 25,9 por cento, a 170 mil toneladas. Isso diante de baixa de 4,7 por cento das vendas domésticas, a 468 mil toneladas.

A produtora de papel Klabin disse que suas exportações deram um salto neste quarto trimestre, com destaque para América Latina e Ásia, especialmente em papelcartão e kraftliner, beneficiando-se do dólar mais alto e ajudando a compensar a fraqueza da economia doméstica.

No caso dos painéis de madeira, houve queda de 18,5 por cento das vendas domésticas, com alta de 106,3 por cento das exportações.

(Por Priscila Jordão)