Delta diz que receita por passageiro do 3º trimestre cairá menos que o esperado

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015 16:13 BRST
 

(Reuters) - A Delta Air Lines disse que espera que sua receita por passageiro (PRASM, na sigla em inglês) caia cerca de 2 por cento no atual trimestre, menos do que havia estimado.

A terceira maior companhia aérea dos Estados Unidos por capacidade havia dito que esperava uma queda maior da PRASM, na faixa de 2,5 a 4,5 por cento no quarto trimestre encerrado em dezembro.

"Nós veremos alguma volatilidade na receita unitária no primeiro trimestre, mas esperamos nos recuperar e obter uma trajetória de receita unitária estável ou positiva até o verão de 2016", disse o presidente da Delta, Ed Bastian, em uma conferência com investidores em Nova York nesta quinta-feira.

O PRASM, indicador essencial da performance das empresas aéreas, analisa as vendas ante a oferta de voos.

A Delta também estreitou sua estimativa de margens operacionais para o trimestre de 16,5 a 17,5 por cento, ante 16 a 18 por cento.

A companhia aérea espera uma taxa de reservas de 35 a 36 por cento em 2016.

(Por Arunima Banerjee e Jeffrey Dastin)