Levy não diz se permanece na Fazenda e que não quer criar constrangimento

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015 12:21 BRST
 

Por Marcela Ayres

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, insistiu nesta sexta-feira em respostas evasivas sobre sua saída do governo e em nenhum momento foi direto sobre sua permanência no cargo, mesmo após intensos ruídos de que estaria deixando a pasta.

"Espero continuar confortável em tudo que faço", disse a jornalistas em café da manhã, após ser questionado diversas vezes sobre o tema. "Meu objetivo não é criar constrangimento ao governo... É importante ter clareza quais são as prioridades, qualquer caminho vai ser muito em função disso."

 
Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, durante evento no Rio de Janeiro.   23/11/2015  REUTERS/Sergio Moraes