Levy diz que há impedimentos estruturais ao crescimento

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015 16:45 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirmou em comunicado enviada à imprensa nesta sexta-feira que há barreiras estruturais para o crescimento do país, lembrando que a falta de uma sinalização mais forte em direção ao esforço fiscal por parte do governo também piorou as expectativas dos agentes econômicos.

Fazendo um apelo por reformas, especialmente do lado da oferta, e pelo não relaxamento das restrições orçamentárias, o ministro escreveu que "a falta de maior sinalização de disposição mais imediata de esforço fiscal por parte do Estado brasileiro também piorou as expectativas dos agentes econômicos, inibindo decisões de investimento e consumo, com reflexos negativos no nível da atividade econômica e na geração de empregos, que poderão se estender por 2016".

(Por Marcela Ayres)