China precisa de política monetária mais flexível, e vai focar em reformas do lado da oferta

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015 09:44 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A política monetária prudente da China precisa ser mais flexível, e o país vai se focar em reformas no lado da oferta em 2016, informou nesta segunda-feira uma importante conferência de política econômica, de acordo com a agência estatal Xinhua.

A política fiscal proativa do país precisa ser mais vigorosa, de acordo com um comunicado divulgado pela Xinhua. A conferência também informou que o governo precisa reduzir o nível de estoque de seu setor imobiliário.

A China vai ainda adotar mais medidas para lidar com os riscos financeiros e efetivamente afastar os riscos de dívida de governos locais, disse a conferência segundo a agência.

A política econômica da China em 2016 vai focar na desalavancagem, acrescentou.

(Reportagem de Sue-Lin Wong)

 
Bandeira nacional chinesa vista em Pequim.   29/10/2015    REUTERS/Jason Lee