Importação de soja do Brasil pela China salta 300% em novembro

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015 11:42 BRST
 

(Reuters) - As importações de soja do Brasil pela China saltaram 297 por cento em novembro na comparação com o mesmo mês de 2014, refletindo fortes embarques realizados nos portos brasileiros nos últimos meses, mostraram nesta segunda-feira dados da alfândega chinesa.

Os desembarques de soja brasileira na China totalizaram 2,14 milhões de toneladas no mês passado, a um preço médio de 405,99 dólares por tonelada.

No acumulado dos onze primeiros meses do ano, as compras chinesas do grão brasileiro totalizam 39,06 milhões de toneladas, alta de 22,7 por cento.

Na contramão, as importações de soja dos Estados Unidos pela China caíram quase 9 por cento em novembro, na comparação annual, para 4,25 milhões de toneladas.

Analistas destacaram nos últimos meses que a desvalorização do real, entre outros fatores, vinha deixando o Brasil mais competitivo que os Estados Unidos no mercado global de soja.

O Brasil, maior exportador global de soja, bateu em junho seu recorde de embarques da oleaginosa, para todos os destinos.

Em setembro, quando saiu do país a maior parte das cargas que chegaram à China em novembro, as exportações brasileiras tiveram alta anual de quase 40 por cento, segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

(Por Gustavo Bonato, em São Paulo)