Bovespa fecha em queda de 1,3% com ceticismo em relação ao novo ministro da Fazenda

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015 18:07 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista fechou em queda pelo segundo pregão seguido nesta segunda-feira, com o Ibovespa renovando mínima desde 2009, em meio ao ceticismo dos investidores em relação ao discurso do novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, de que o foco da política econômica será o ajuste fiscal e a redução da inflação.

No primeiro pregão com horário estendido, o índice de referência do mercado acionário brasileiro caiu 1,34 por cento, a 43.320 pontos, de acordo com dados preliminares. Se confirmado, esse será o menor nível de fechamento desde 1º de abril de 2009.

O volume financeiro da sessão somava 7,46 bilhões de reais, inflado pelo exercício dos contratos de opções que expiraram nesta segunda-feira.

(Por Paula Arend Laier)