CORREÇÃO-Governo do Japão busca crescimento e reforma fiscal com plano de gasto orçamentário recorde

terça-feira, 22 de dezembro de 2015 10:41 BRST
 

(Corrige o orçamento deste ano para 96,3 trilhões de ienes no 2º parágrafo)

Por Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - O governo japonês está planejando um gasto recorde de quase 800 bilhões de dólares no próximo ano fiscal para sustentar a economia, prometendo também controlar o peso da dívida em um orçamento expansionista a ser apresentado nesta semana.

O ministro das Finanças, Taro Aso, prometeu nesta terça-feira impulsionar o crescimento e alcançar a reforma fiscal com gastos do orçamento do governo de 96,7 trilhões de ienes (797,53 bilhões de dólares) para o próximo ano fiscal que começa em abril. O orçamento inicial para o ano atual previa gastos de 96,3 trilhões de ienes.

Confirmando números divulgados pela Reuters na semana passada, Aso disse que a receita fiscal está estimada em uma máxima de 25 anos de 57,6 trilhões de ienes no ano fiscal de 2016.

Os planos de orçamento sinalizam um crescente compromisso do primeiro-ministro, Shinzo Abe, de controlar a mais pesada dívida do mundo industrializado mesmo continuando a incentivar a economia través de políticas expansionistas.

"Esse orçamento é apropriado para marcar o primeiro passo na direção de nosso novo plano fiscal enquanto buscamos a retomada econômica e a consolidação fiscal ao mesmo tempo", disse Aso a repórteres após apresentar os números do orçamento em reunião entre autoridades do governo e parlamentares do partido governista.

 
Ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, durante evento em Tóquio.    07/10/2015   REUTERS/Yuya Shino