Conselho da Minerva aprova proposta de aumento de capital de até R$1,55 bi

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015 08:16 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho de Administração da Minerva Foods, uma das principais exportadoras de bovinos do Brasil, aprovou na noite de terça-feira proposta de aumento de capital de até 1,55 bilhão de reais, parte de acordo de investimento com a britânica Salic UK, controlada do grupo saudita de mesmo nome.

No acordo de investimento, a Salic UK compromete-se a subscrever e integralizar uma quantidade de novas ações ordinárias a serem emitidas pela Minerva correspondente a uma participação de 19,95 por cento do capital social da companhia após a homologação do aumento de capital.

Segundo a empresa, o acordo insere-se no âmbito do plano de investimentos da Minerva, dentro da estratégia de diversificação geográfica da companhia e de redução de sua alavancagem, reforço do capital de giro e financiamento de despesas de capital.

O aumento de capital proposto, que terá de ser submetido a assembleia de acionistas, prevê subscrição particular de até 99,73 milhões de novas ações ordinárias pelo preço de emissão de 15,60 reais por ação.

Mais cedo na terça-feira, a Minerva já havia anunciado que estava finalizando os documentos para receber o investimento com a companhia britânica.

O anúncio ocorreu depois da viagem da ministra da Agricultura, Katia Abreu, a países do Oriente Médio em novembro, como parte de missão comercial do Brasil. Durante a visita à Arábia Saudita, a ministra se reuniu com o presidente-executivo da Salic, Abdullah Aldubaikhi.

A Salic iniciou operações em 2012, focada em investimentos em agricultura, criação de animais e cadeias de suprimento vinculadas. A empresa tem como prioridade de investimentos áreas como milho, soja, açúcar, óleos comestíveis e carne vermelha em países como Argentina, Uruguai, Indonésia e Canadá, além do Brasil.

(Por Luciana Bruno)