Governo espera arrecadar R$3 bi com leilões de aeroportos em 2016

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015 15:43 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O governo federal espera levantar 3 bilhões de reais com leilões de concessões de aeroportos em Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e Fortaleza (CE), que devem ocorrer no primeiro semestre do próximo ano, informou nesta quarta-feira o Ministério do Planejamento.

O leilão dos aeroportos Salgado Filho, em Porto Alegre, Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, Hercílio Luz, em Florianópolis, e Pinto Martins, em Fortaleza, devem gerar investimentos de 7,1 bilhões de reais ao longo do período de concessão.

O aeroporto de Salvador é que o receberá o maior volume de investimentos, de 2,8 bilhões de reais, enquanto Fortaleza terá 1,8 bilhão, Porto Alegre 1,7 bilhão e Florianópolis 918 milhões de reais.

Com excessão do terminal Salgado Filho, que será concedido por 25 anos, os outros terão período de concessão de 30 anos. O ministério informou que a estatal que administra aeroportos do país, Infraero, não terá participação acionária nas operações.

As principais obras a serem realizadas incluem expansão das pistas de pouso e decolagem, novos terminais ou expansão dos já existentes, ampliação das áreas de pátio das aeronaves, terminal de cargas, entre outros.

Segundo o ministério, o governo, que atravessa uma crise fiscal, vai exigir um adiantamento de 25 por cento do valor da outorga do grupo na assinatura do contrato de concessão.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

 
Vista aérea do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. 30 de janeiro de 2014. REUTERS/Edison Vara