Arsesp aprova prorrogação de bônus e tarifa de contigência até fim de 2016, diz Sabesp

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015 10:52 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A Arsesp, agência reguladora de saneamento e energia do Estado de São Paulo, autorizou a Sabesp a prorrogar a vigência do Programa de Incentivo à Redução do Consumo de Água até o fim de 2016 "ou até que se tenha maior previsibilidade quanto à situação hídrica", conforme divulgado pela companhia na noite de quarta-feira.

A Arsesp também aprovou a extensão até 31 de dezembro de 2016 da aplicação da tarifa de contingência, com a manutenção dos seus critérios, regras e condições atuais.

Na véspera, o Conselho da Sabesp já havia autorizado a empresa a pleitear esses prorrogamentos, dando continuidade ao programa de incentivo à redução do consumo de água por bonificações nas contas dos clientes, assim como a tarifa diferenciada para consumidores que gastarem mais, em meio à situação de escassez de recursos hídricos.

Para as contas cujas leituras de consumo ocorram a partir de 1º de fevereiro de 2016, a Arsesp autorizou a atualização do consumo de referência para o cálculo do bônus tarifário, com aplicação do fator de atualização de 0,78 por cento à média de consumo registrada entre fevereiro de 2013 a janeiro de 2014.

As demais regras do Programa de Incentivo à Redução do Consumo de Água foram mantidas, inclusive quanto ao escalonamento das faixas de bonificação de 10 por cento, 20 por cento e 30 por cento, de acordo com a economia obtida em relação ao consumo de referência.

(Por Marcela Ayres)