Vendas do varejo na temporada de festas sobem 7,9% nos EUA, diz MasterCard

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015 14:20 BRST
 

(Reuters) - As fortes compras online e a demanda por móveis e roupas femininas ajudaram as vendas do varejo norte-americano crescerem 7,9 por cento no fim do ano, de acordo com a MasterCard Advisors SpendingPulse.

As vendas do varejo nos Estados Unidos, excluindo automóveis e combustíveis, subiram 5,5 por cento no período entre a Black Friday e a véspera de Natal do ano passado.

As vendas online cresceram 20 por cento na temporada deste fim de ano, disse a MasterCard Advisors, que rastreia os gastos do consumidor, em relatório divulgado nesta segunda-feira.

"O crescimento de dois dígitos nas vendas de móveis mostra que os consumidores estão conseguindo gastar com itens de maior valor", disse Sarah Quinlan, vice-presidente sênior de mercado da MasterCard Advisors, em relatório.

Um atraso no inverno deste ano no país adiou a compra de roupas neste outono, então o Natal teve vendas que teriam sido feitas na Black Friday, disse.

Quinlan disse que os consumidores estavam gastando o dinheiro que economizaram com menores preços dos combustíveis.

A Federação Nacional de Varejo, um importante grupo do setor, previa um aumento de 3,7 por cento nas vendas físicas e online em novembro e dezembro deste ano, com as vendas online crescendo de 6 a 8 por cento.

(Por Sruthi Ramakrishnan em Bangalore)

 
Mulher carregando sacolas de compras vista em Nova York.   24/11/2015   REUTERS/Brendan McDermid