Manabi propõe comprar controle da Log-In, diz fonte

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015 20:46 BRST
 

Por Tatiana Bautzer

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de mineração e logística Manabi Holding propôs injetar cerca de 400 milhões de reais na Log-In Logística Intermodal em troca de uma participação entre 60 por cento e 70 por cento na companhia, de acordo com uma fonte com conhecimento direto do plano.  

Segundo a fonte, que pediu anonimato para falar livremente sobre o assunto, a proposta não é vinculativa e está sujeita à modificação. As assessorias de imprensa da Manabi e da Log-In, operadora portuária e de navios de carga, não comentaram imediatamente.    A Manabi opera minas de minério de ferro em Minas Gerais, e está tentando construir um mineroduto de 511 quilômetros e um terminal portuário privado no Espírito Santo.    A proposta ocorre uma semana após a Log-In ter contratado o banco de investimentos Moeis & Co para assessorar sobre o refinanciamento de 1,9 bilhão de reais em empréstimos bancários, disseram três fontes com conhecimento direto da situação. O refinanciamento da dívida e a busca de um investidor para fornecer capital novo para a Log-In estão sendo realizados ao mesmo tempo, adicionaram as fontes.     As empresas do Brasil, que enfrentam a mais profundarecessão do país em 25 anos, aumento nos custos de empréstimos e desvalorização do real, estão aumentando a demanda por serviços de consultoria para reestruturação de dívida.

(Reportagem adicional de Guillermo Parra-Bernal e Steve Orlofsky)