Ações chinesas encerram 2015 em alta de 9,4%, superando Wall Street

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015 09:14 BRST
 

XANGAI (Reuters) - As ações de Xangai encerraram 2015 em alta de quase 10 por cento, superando Wall Street e outros dos principais mercados globais, e superando o tumulto experimentado mais cedo neste ano.

O índice de Xangai encerrou a sessão desta quinta-feira em baixa de 0,9 por cento, a 3.539 pontos, enquanto o índice de blue chips da China CSI300 recuou 0,9 por cento, para 3.731 pontos, no último dia do ano.

Em 2015, o índice de Xangai subiu 9,4 por cento, encerrando um ano de violentas flutuações que provocaram ondas de choque através dos mercados globais.

Em comparação, o índice norte-americano S&P 500 acumulou ganho de apenas 0,2 por cento, enquanto o Dow Jones ficou em território negativo. O mercado de Xangai também teve performance melhor que a maior parte dos principais mercados na Europa e na Ásia.

Mas o ano na China não foi definitivamente para os fracos de coração. Abastecido pela alavancagem excessiva, o mercado de Xangai subiu quase 60 por cento no início do ano antes de cair em meados de junho, retirando cerca de um terço do valor do mercado em apenas três semanas.

Um programa de resgate do governo sem precedentes ajudou os preços a se recuperarem cerca de 25 por cento ante suas mínimas em agosto, mas o sentimento continua frágil em direção a 2016.

Embora 2016 deva ser um ano volátil para as ações da China, alguns observadores do mercado esperam menos drama.

(Por Samuel Shen e Nathaniel Taplin)