Tempestade no Mar do Norte força retiradas em plataformas de petróleo e mata trabalhador

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015 10:02 BRST
 

Por Nerijus Adomaitis e Gwladys Fouche

OSLO (Reuters) - Uma forte tempestade no Mar do Norte obrigou empresas petrolíferas a evacuar plataformas e interromper a produção nesta quinta-feira, com instalações de perfuração sob a ameaça de uma barca à deriva que foi arrancada de sua âncora por fortes ventos.

A BP disse estar evacuando funcionários de sua plataforma Valhall, enquanto a ConocoPhillips interrompeu a produção em seus campos Eldfisk e Embla e estava retirando tripulação de sua plataforma Eldfisk.

As retiradas ocorrem um dia depois que uma pessoa morreu e duas ficaram feridas quando uma grande onda atingiu uma plataforma pertencente à China Oilfield Services, que estava realizando perfurações no campo de Troll, operado pela Statoil, também no Mar do Norte.

A Noruega tem registrado clima de tempestade desde quarta-feira, o que levou uma barca a romper sua âncora e seguir em direção às plataformas.

"A barca mudou de direção, a BP decidiu fechar a produção (em Valhall) e haverá um esvaziamento total da plataforma. Há 71 pessoas restantes na plataforma e elas estão sendo evacuadas enquanto falamos", disse um porta-voz da BP à Reuters.