Petróleo encerra 2015 com queda acumulada de 35%

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015 20:34 BRST
 

Por Barani Krishnan e Ahmad Ghaddar

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo subiram na quinta-feira, mas caíram até 35 por cento no ano, após uma corrida de produtores do Meio Oeste dos Estados Unidos para extrair a commodity e produtores de petróleo não convencional (o chamado Shale oil) criarem um excesso de oferta sem precedentes que pode avançar ao longo de 2016.

Os preços do petróleo tipo Brent e nos EUA subiram entre 1 por cento e 2 por cento nesta sessão, com as compras acentuadas em uma sessão com baixo volume antes do Ano Novo.

No entanto, em 2015, os dois contratos registraram quedas de dois dígitos pelo segundo ano seguido, com a Arábia Saudita e outros membros da Opep não conseguindo impulsionar os preços do petróleo.

O petróleo tipo Brent encerrou esta sessão com alta de 82 centavos de dólar, a 37,28 dólares o barril, recuperando-se da mínima em 11 anos de 36,10 dólares vista mais cedo na sessão. No mês, a queda foi de 16 por cento e, no ano, a baixa foi de 35 por cento. Em 2014, o petróleo tipo Brent caiu 48 por cento.

Já o petróleo nos EUA subiu 44 centavos de dólar nesta quinta-feira, a 37,04 o barril. Em dezembro, a commodity caiu 11 por cento e a baixa foi de 30 por cento no ano, após a perda de 46 por cento em 2014.