Bank of China contrata bancos para maior IPO de leasing de aviões do mundo, dizem fontes

terça-feira, 5 de janeiro de 2016 08:37 BRST
 

Por Anshuman Daga e Fiona Lau

CINGAPURA (Reuters) - O Bank of China contratou o Goldman Sachs e o BOC International para liderar a listagem de seu braço de afretamento de aeronaves em Hong Kong , operação avaliada em 3 bilhões de dólares, disseram pessoas a par do assunto.

O Bank of China planeja lançar a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) no segundo trimestre da BOC Aviation sediada em Cingapura, disseram as fontes, no que será a maior listagem de uma empresa de leasing de aviões do mundo.

A IPO vem no momento em que afretadoras asiáticas levantam fundos para desafiar as rivais ocidentais numa indústria global de quase 217 bilhões de dólares, com grandes pedidos ou compras para servir ao mercado de aviação de crescimento mais rápido do mundo. A rival CDB Leasing, controlada pelo banco estatal China Development Bank, quer levantar 1 bilhão de dólares em outro IPO planejada para o segundo trimestre de 2016, disseram as pessoas.

"Não haverá qualquer escassez de investidores porque eles não estão olhando para uma companhia de leasing de aeronaves apenas, mas para uma companhia cujo futuro está arraigado na Ásia Pacífico. É uma história de crescimento", disse o analista Shukor Yusof da consultora malaia de aviação Endau Analytics.

A BOC Aviation, formada após a aquisição em 2006 pelo Bank of China de uma empresa antes apoiada pela Singapore Airlines, cresceu e se tornou a segunda maior afretadora asiática, com um portfólio de cerca de 250 aeronaves avaliado em 9,4 bilhões de dólares, segundo estimativas da publicação do setor Flightglobal.

(Reportagem adicional por Shu Zhang em Pequim)