Britânica Home Retail rejeita oferta de compra da Sainsbury's

terça-feira, 5 de janeiro de 2016 18:26 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A Sainsbury's, segunda maior rede de supermercados da Grã-Bretanha fez uma aproximação para adquirir a Home Retail em novembro, mas foi rejeitada pela proprietária da Argos e a cadeia de itens "faça você mesmo" Homebase é considerada seu próximo passo.

A abordagem é uma jogada ousada do chefe da Sainsbury's, Mike Coupe, para reduzir sua dependência em vendas de alimentos quando a indústria britânica de supermercados está sendo atingida pelo crescimento das redes alemãs de mercados de menor custo Aldi e Lidl, em uma brutal guerra de preços.

A Sainsbury's não revelou o valor de sua proposta, mas disse nesta terça-feira que abordou o conselho da Home Retail sobre uma possível oferta com ações e dinheiro pelo grupo, que teve uma capitalização de mercado de 804 milhões de libras (1,18 bilhão de dólar) antes das notícias da recusa da oferta terem vindo à tona.

A Home Retail disse que a abordagem subvalorizou o grupo e suas perspectivas, aconselhando investidores a não agir.

Analistas da Jefferies, em uma nota intitulada "Genialidade ou Loucura", disseram que o movimento de Coupe pode ser construído de duas maneiras.

"Ou este é um sinal de falta de confiança em perspectivas para no negócio principal (alimentos), ou um passo positivo em antecipar como a jornada do consumidor se desenvolverá em um mundo com múltiplos canais", disseram.

(Por James Davey; reportagem adicional por Paul Sandle, Kate Holton e Freya Berry)