Alta de preços do açúcar na Índia abre oportunidade para exportações do Brasil

terça-feira, 5 de janeiro de 2016 19:45 BRST
 

LONDRES/MUMBAI (Reuters) - Os preços domésticos do açúcar na Índia se elevaram, aumentando os incentivos para produção de açúcar branco de baixa qualidade para o mercado local e dando ao Brasil uma margem competitiva no mercado de exportações.

Os preços do açúcar na Índia subiram mais de 15 por cento em um mês por preocupações sobre produção menor que o esperado devido à seca, tornando as vendas externas menos atrativas para usinas mesmo após os incentivos para exportações, disseram operadores.

Operadores cotaram o açúcar branco indiano de baixa qualidade a 415 dólares por tonelada FOB, equivalente a 4 dólares abaixo do primeiro contrato na bolsa ICE de Londres.

Ofertas de açúcar indiano precisariam ter descontos de cerca de 30 dólares por tonelada ante os contratos futuros para competir contra as ofertas brasileiras em importantes mercados de exportação.

"Os destinos tradicionais para açúcar indiano na África e no Oriente Médio não estão sendo ocupados. O açúcar indiano ficará no Extremo Oriente e o açúcar brasileiro ficará no Oeste da África", disse um operador europeu.

(Por David Brough e Rajendra Jadhav)