Vendas de automóveis nos EUA atingem recorde em 2015

terça-feira, 5 de janeiro de 2016 21:36 BRST
 

Por Bernie Woodall

DETROIT (Reuters) - Montadoras estabeleceram um novo recorde de vendas nos Estados Unidos em 2015 mesmo após a queda em dezembro e a maioria das previsões disse que as vendas poderiam aumentar para um novo recorde este ano.

Para o fechado de 2015, as vendas atingiram um recorde de 17,47 milhões de veículos, acima da marca de 17,41 milhões em 2000, de acordo com a Autodata Corp. Os preços baixos da gasolina, crédito fácil e moderado crescimento econômico impulsionaram a indústria. A WardsAuto, que oferece dados usados pelo governo dos EUA para análises econômicas, disse que as vendas em 2015 chegaram a um recorde de 17,39 milhões de veículos vendidos, quebrando o marco de 2000 de 17,35 milhões.

A Autodata disse que as vendas em dezembro subiram 9 por cento. A uma taxa anualizada, que contabiliza fatores sazonais, as vendas de dezembro foram de 17,34 milhões de veículos, bem abaixo dos 18,1 milhões esperados por uma pesquisa da Thomson Reuters com 38 economistas e analistas.

"A economia dos Estados Unidos continua a se expandir e os fatores mais importantes que direcionam a demanda por novos veículos estão em vigor, então nós esperamos ver um segundo ano consecutivo de recorde de vendas da indústria em 2016", disse o economista-chefe da General Motors, Mustafa Mohatarem. Mohatarem disse que os fatores mais importantes são emprego e crescimento da renda pessoal, que permanecerão fortes este ano.

Algumas previsões, incluindo a TrueCar, dizem que as vendas nos Estados Unidos vão alcançar 18 milhões de veículos este ano. O recente aumento de juros do Federal Reserve, banco central dos EUA, não deve deter as vendas.

(Reportagem adicional de David Shepardson em Washington)