Rodrigo Kede renuncia à presidência da Totvs por motivo de saúde

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016 10:48 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A produtora de software corporativo Totvs informou nesta quarta-feira que o executivo Rodrigo Kede renunciou ao posto de diretor-presidente por motivo relacionado a sua saúde.

De acordo com fato relevante, a companhia vinha conduzindo processo de transição para que Kede sucedesse Laércio Cosentino como presidente-executivo.

"Infelizmente, Rodrigo Kede detectou recentemente um problema de saúde, com impactos pessoais e familiares, o que o levou a tomar essa decisão", disse a empresa no comunicado ao mercado.

Diante da renúncia, o Conselho reconduziu nesta quarta-feira Laércio Cosentino ao posto de diretor-presidente, que passa a acumular com a presidência-executiva. "A Totvs dará continuidade a seu plano de sucessão, buscando um diretor-presidente", disse.

Kede foi indicado para reassumir posição de membro independente no Conselho, sujeito à deliberação pela próxima assembleia geral ordinária da Totvs.

"Para mim foi uma decisão difícil interromper agora esta trajetória na Totvs, por já estar tão envolvido com a empresa, pessoas e clientes", disse Kede, em comunicado separado enviado pela empresa.

Às 10:47, as ações da Totvs operavam em baixa de 0,56 por cento, a 30,37 reais. Os papéis não integram o Ibovespa, que tinha queda de 1,76 por cento.

A Totvs anunciou em agosto de 2015 acordo para comprar a concorrente Bematech em uma transação em dinheiro e ações que embutiu ágio de cerca de 60 por cento sobre o valor dos papéis da Bematech na bolsa no encerramento da semana do anúncio.

A operação foi aprovada em outubro pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

(Por Luciana Bruno)